17°C 31°C
Água Branca, PB
Publicidade

Loja de artesanato do Governo do Estado comercializa mais de R$ 150 mil na Casacor Piauí

Durante os 46 dias de mostra, a Casa do Artesão Design Mestre Albertino vendeu R$150 mil, beneficiando mais de 100 artesãos piauienses.

10/07/2024 às 11h58
Por: Redação Fonte: Secom Piauí
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Entre tradição, cultura, ancestralidade e inovação, o artesanato piauiense ganhou evidência na mostra Casacor Piauí. Um evento de renome, reconhecido como a maior mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas chegou ao Piauí neste ano apresentando o tema  “De presente, o agora”.

A arte piauiense ganhou ainda mais evidência por meio da loja Casa do Artesão Design Mestre Albertino, uma parceria da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), por meio da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense (Sudarpi), com a Investe Piauí, empresa de capital misto.  Durante os 46 dias de mostra, foram comercializados na loja cerca de R$ 150 mil, beneficiando mais de 100 artesãos, incluindo artesãos individuais, grupos e cooperativas do estado do Piauí. 

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

O ambiente projetado pela arquiteta Tassia Carvalho foi uma vitrine dedicada às obras de talentosos artesãos piauienses. O trançado, a cerâmica, a tecelagem, a opala e a arte santeira são exemplos do valioso e diversificado artesanato, de algumas regiões do estado como Parnaíba, Pedro II, Teresina e Campo Maior, que teve evidência na amostra.

O artesão santeiro, Ariosvaldo Torres, conhecido como Ari, destacou a importância e o sucesso de suas vendas no evento. “Consegui vender entre 20 a 30 peças e tenho algumas encomendas previstas. A Casacor foi uma vitrine na qual pudemos expor nossa arte e contar nossa história e essa edição no Piauí foi de muita relevância. Espero que se repita em outras ocasiões”, comentou. 
 

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

A Casa do Artesão Design é um projeto de curadoria, que teve início na Casacor  Piauí e será uma ferramenta necessária de ampliação no desenvolvimento comercial local, com continuidade prevista por meio da sua loja física, na Central de Artesanato Mestre Dezinho e também com a plataforma de e-commerce.

De acordo com o superintendente do artesanato piauiense, Ícaro Machado, o expressivo volume de vendas representa um marco importante para o artesanato piauiense, pois abre portas para novos mercados. “Esse sucesso na mostra  tem um impacto direto na economia local, gerando renda e incentivo à continuidade e desenvolvimento nas práticas artesanais. Esse resultado não só demonstra a qualidade e o valor cultural das peças, mas também reforça a crescente valorização do artesanato local que daremos continuidade”, explicou. 
 

Foto: Reprodução/Secom Piauí
Foto: Reprodução/Secom Piauí

Ao longo da mostra, o espaço também foi palco para exposição artística, como as pinturas realizadas pela artesã Ana Lavínia, como também lançamentos de coleção exclusiva da Trapos&Fiapos desenvolvida pela Tereza Melo.

Para desenvolver o projeto na Casacor Piauí, foi promovido um edital de chamamento público para a realização de curadoria dos artesanatos e montagem de portfólio para a disposição desses produtos nos ambientes da mostra. A participação da Sudarpi em eventos deste porte é um exemplo claro de promoção do artesanato local e demonstração de posição dos artesãos no cenário nacional.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,00%
Euro
R$ 6,10 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,63%
Bitcoin
R$ 394,064,92 -1,46%
Ibovespa
127,616,46 pts -0.03%
Lenium - Criar site de notícias